Conte sua História: Clarissa Pinto

Hoje começa um quadro novo no blog, chamado: Conte sua História. Toda quarta alguém virá aqui contar sua história de emagrecimento, de superação. E nada melhor que começar com uma amigona minha.
A Clarissa (@clapinto) é mãe, mulher, advogada, vive na cozinha e acha tempo pra treinar. Conseguiu superar e emagrecer. Quer saber como? Leia abaixo!

“Oi gente!!!! Me chamo Clarissa Pinto, tenho 33 anos, sou advogada, esposa e mãe de uma princesa de 3 anos de idade.
Primeiro queria dizer que me sinto super honrada em estrear esse quadro no blog da Karime, que eu super admiro pela força de vontade, disciplina e disposição em compartilhar com todo mundo mil formas de seguir firme na dieta, seja com receitas top, seja com motivação para dar e vender!!

Posso dizer que todos nós que lutamos contra a balança vivemos meio que uma epopeia em torno disso e minha epopeia começou tão logo me tornei adolescente.
Tive uma infância magra, daquelas que nos é dado de um tudo para engordar e quem cresceu na década de 80 sabe que foi nessa decada que os fastfoods cresceram, a coca-cola virou habitual, as escolas passaram a vender comida trash, de forma que crescemos sob péssimos hábitos alimentares.

Então logo que os hormônios da puberdade apareceram comecei a engordar, mas nunca chegando a ficar obesa. Em especial porque tenho uma mãe que sempre foi exemplo de excelentes hábitos alimentares e desportivos, de forma que sempre combateu meus maus hábitos.
Dessa forma sempre alternava períodos que com vergonha de ser “gordinha”, pois apesar de nunca ter sido obesa, esse rotulo de “gordinha” é bem pesado de carregar, e resolvia fazer dietas super restritivas chegando às vezes quase ao peso desejado, mas sempre que estava bem, já estava sonhando em comer uma lata de brigadeiro, então voltava a comer com um exagero que me dá vergonha de lembrar.

Algumas pessoas pensam que o fato de não ser obesa, não é motivo para se envergonhar, no entanto, o que nos deprime é a baixa auto estima que rodeia quem não está nos padrões considerados de beleza. A pessoa come, engorda, se deprime porque está gorda e come mais ainda, como forma de aliviar a tensão.

20130731-113107.jpg

Em 2006 passei a frequentar a academia e descobri na musculação um hábito que me trazia bastante alegria. Isso mesmo, algumas pessoas dizem que fazer musculação é só para cuidar do corpo, mas eu digo que gosto, gosto de verdade e odiaria não me exercitar, ainda que criassem uma pilula mágica que tivesse os mesmos efeitos físicos da academia.
No entanto, meus hábitos alimentares não me deixavam alcançar o peso ideal. Até quando comia corretamente, tinha na mente aquela ideia que podia comer sano na semana, e exagerar no final de semana.

Sempre estava pesando entre 65 e 68 kilos. Mas quando resolvia relaxar mesmo chegava aos 71/72 kilos. Normalmente era nesse peso que me batia uma tristeza e resolvia entrar na dieta extrema.

Depois do aniversario do meu esposo em fevereiro de 2013, resolvi uma vez mais fazer dieta e chegar ao meu peso ideal, pois sabia que estava bem pesada, apesar de não ter tido a coragem de me pesar por todo o verão de 2013.

Em 25 de fevereiro de 2013 (uma segunda-feira – dia internacional de começar a dieta) fui para academia, como de costume e me pesei para iniciar o controle de peso – lá estava 72,4 kilos!! Que choque eu tive!! Não pensei que estava tão gorda.

Comecei a dieta, e através do instagram da vogue conheci o perfil de Carol Buffara e Gabriela Pugliesi, como estava buscando forças para continuar, aqueles perfis me inspiraram. Comecei a ver as pessoas que comentavam e fui encontrando vários outros e o que me foi chamando a atenção foram comidas muitas vezes lindas que se diziam saudáveis!
Foi decepcionante quando testei as primeiras receitas e as achei horríveis! Pensava que não era possível comer sano e gostoso. No entanto sempre fui elogiada na cozinha, e isso era até um motivo que me dificultava o emagrecimento, pois conseguia fazer verdadeiras delícias na cozinha. Pensei então, se sei cozinhar bem de verdade, vou conseguir adaptar sabores, criar receitas que agradem ao meu paladar e não precisem para tanto estarem cheias de gorduras.

Comecei a inovar, fui testando e as coisas começaram a funcionar, na mesma época que conheci alguns instagrans como da Lais Menin e Cá Saudável que tinham verdadeiramente receitas saudáveis e deliciosas.
Tudo foi meio que viciando, eu amava cozinhar, testar receitas e adorava ver que estava emagrecendo com isso.
Meus treinos foram ficando cada vez mais intensos, até os domingos eram dias de cardio.
E três meses depois eu já havia perdido 10 kilos, sem nem sentir tanto sacrifício, com exceção de alguns eventos que tive que controlar para nao jacar, e nao jaquei antes de eliminar os primeiros 5 kilos.

Hoje treino de 5 a 6 vezes por semana, sendo no mínimo 4 dias de musculação e os demais de cardio. Há pouco mais de um mês fui a nutricionista no intuito de ganhar massa magra, mas entendi que precisamos querer mudar hábitos, e isso acontece gradualmente, ninguém acorda mudado, nós vamos nos moldando a medida que vamos encontrando formas bacanas de viver.

Sempre digo que jamais seria magra se disso dependesse que eu comesse salada todos os dias. Precisamos encontrar nosso caminho e todos podemos viver saudáveis, há muitas opcões por ai, precisamos encontrar o modelo que se adequa a nosso ser.

Hoje peso 59 kilos, mas nem penso tanto nisso, penso em o quanto é bom viver com hábitos saudáveis e tudo de bacana que isso me proporciona.
Essa é minha história, não a de uma pessoa obesa, mas de alguém que sofreu a vida inteira uma luta desleal com a balança, mas conseguiu encontrar um caminho bacana a seguir!

20130731-100629.jpg

2 Comments Add yours

  1. Andréa Bessani diz:

    Cada Dia que passa nossa auto estima vai ao topo!!!!

  2. Clarissa diz:

    Super feliz e honrada em estrear o quadro!!!!! Perdi só 14 kilos, com tanta gente que perde 30/40!! Mas o bacana para qualquer peso é mudar a cabeça!!! e em história de superação você Ka é minha inspiração!!!! amooo muito!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s