Conte sua história: Daniella Bonilha

Bom dia, gente linda!! Hoje quem vai contar sua história aqui no blog é a Dani, uma linda, que eu adoro, e que emagreceu “somente” 63kg. Vem ler a história dessa vencedora!!!

20130808-113434.jpg

“Meu nome é Daniella Bonilha Valeriano, tenho 30 anos, sou empresaria nasci e moro em São Paulo. Sou noiva do Gu, meu lindao, estou com ele há 12 anos, completaremos 13 anos em outubro, e se tudo der certo ano que vem nos casaremos… Estava na hora né?

Sempre fui muito magra, na minha adolescência tive inclusive problemas de desnutrição, quando criança minha mãe fala que eu tinha as perninhas tão fininhas que eu tinha que subir as escadas da casa da minha avó ajoelhada porque não tinha forças nas pernas para subir normal, magrinha de verdade, ai veio a fase de sair da adolescência entrando na fase adulta, 17/18 anos, comecei a trabalhar fora, comer fora, ai comecei a “pegar mais corpo”, so comia besteiras, e conheci meu noivo.

A partir daí meu corpo se transformou, passei a tomar contraceptivos (pílulas anticoncepcionais = bombas para certas pessoas RS).

Eu me recordo que pesava aproximadamente 55KG com 18 anos, em 1 ano de uso da pílula eu passei para os 70KG, engordei bastante, e ai fui procurar endocrinologista, que ao invés de verificar como estavam meus hormônios, tanto tireoide como hormônios femininos mesmo, ele me receito Anfepramona – 90mg 2x ao dia.

Imaginem, eu usava pílula contraceptiva, tomava por dia 180mg de Anfetaminas e ainda fumava e bebia, estava criando uma bomba relógio dentro do meu corpo e não sabia, mas estava surtindo efeito, eu emagreci, a balança voltou para os 55KG e era isso que importava na minha cabeça, passava o dia todo a base de cigarros, anfetaminas e Trident para tirar o cheiro de cigarro e disfarçar a fome.

Quando eu parei de tomar, cerca de 1 ano depois, adivinhem o que aconteceu, a bendita balança não perdoou, e meu corpo me devolveu tudo o que eu tinha feito de errado com ele, em forma de gordura e falta de saúde é claro, cheguei aos 90KG em menos de 6 meses, e o pior, com a Tireoide descontrolada.

Foi ai que minha guerra contra a balança começou, nada surtia efeito, já tinha tentado todas aquelas dietas horrorosas que acredito que todas conhecem, menos claro comer certo e fazer exercício físico, alias eu tinha ódio de quem inventou a academia.

Ai foram 10 anos, exatos 10 anos: toma anfetaminas, emagrece, para, engorda, e cada vez que engorda, engorda mais né, ai vinha a depressão, a falta de animo, a vontade de se trancar num quarto e de la não sair mais.

Não tinha mais forças, a cobrança não vinha só da minha cabeça, vinha do meu noivo, dos meus pais, da minha família, todos me olhavam com dó sabe, e eu sabia que eu não precisava daquilo, mas eu não tinha forças para sair daquela situação.

20130808-113838.jpg

Foi ai que li uma matéria sobre uma cantora de forró, na verdade não gosto desse gênero musical, mas me interessei por ver o antes e depois dela, e descobri que ela tinha passado por uma gastroplastia, nisso vi uma luz no fim do túnel, mas tive muito medo até mesmo de procurar medico para saber como funcionava, criei ali uma barreira na minha mente, que sabia que aquilo poderia me ajudar mas o medo me fez recuar, medo de morrer, medo de não dar certo de novo, sei la medo, fraqueza.

Mas não sei de onde tirei forças e decidi do dia para noite que ia atrás, a principio tive que ir escondida, meu noivo não aceitava, nem meus pais, eu acho que só sabe o quanto é difícil ser obeso quem realmente é obeso, é muito fácil dizer “se mexe menina vai malhar, fecha a boca”, Caraca, se fosse fácil eu não estaria assim não é mesmo? Poxa, eu não era gorda porque eu queria.

Procurei a cirurgiã, e comecei a fazer todo o processo de passar com nutricionistas e psicólogos, foi uma caminhada longa, a minha primeira consulta com a cirurgiã foi em Janeiro de 2011, e eu tive a liberação do plano de saúde para operar em Abril de 2012.

E em 02/05/2012 eu entrei no centro cirúrgico para mudar de uma vez a minha vida.

Fiz a tão esperada Gastroplastia, foi tudo maravilhoso, a cirurgia foi um sucesso, acordei super bem, e quando me levaram para o quarto, tinha uma pessoinha maravilhosa me esperando, chorando, 0:30 da madrugada, meu noivo, ele me olhou com aqueles olhos cheios d’agua, eu estava meio sonolenta, mas nunca vou me esquecer daquele olhar, de alivio dele, de me ver bem, acordada, e depois ele me disse : “se eu tivesse te perdido no centro cirúrgico eu nunca ia me perdoar”, ele se sentia culpado por eu ser daquele jeito, lindo da minha vida, ele claro nunca teve culpa de nada.

Foi pensando nele, nos meus pais e no meu irmão que eu resolvi mudar realmente, porque muitas pessoas fazem a cirurgia de redução de estomago, porem não mudam a cabeça, não mudam hábitos, continuam com aquela mesma alimentação: Fast Food, Frituras, EXAGEROS.

Eu PAREI, fui RADICAL mesmo, hoje, 1 ano e 2 meses após minha cirurgia eu NÃO como mais fast foods, não bebo mais, não fumo mais, me exercito todos os dias, corro, por enquanto 10KM mas minha meta é chegar o ano que vem correndo Meia Maratona (21 KM), não tomo refrigerantes de nenhuma espécie (nem ZERO), como doce sim mas moderadamente (1 vez por semana no Maximo) e passei a ter uma vida mais equilibrada em todos os sentidos.

20130808-114154.jpg

Hoje tenho como rotina e amo por sinal acordar as 4:40 da manha, vou para a academia, faço meu Aeróbio 1hora, vou para o trabalho e a noite volto para a academia para fazer meu treino de musculação, hoje voltado para fortalecimento dos músculos e não hipertrofia pois minha meta é correr.

Minha meta de “PERCA DE PESO” eu já atingi, operei com 120KG e hoje estou com 57KG, porem agora quero baixar minha porcentagem de gordura no corpo, e para isso conto com a super ajuda da minha nutricionista que é especializada em Nutrição Esportiva, portanto minha dieta hoje é muito balanceada, como muita Proteína, baixo carboidrato, mas eles existem, principalmente no café da manha, muita fibra e o Maximo que consigo ZERO açúcar.

Sou doceira assumida então as vezes eu me dou ao luxo de dar uma jacadinha, mas no dia seguinte corro atrás do prejuízo literalmente.

Tenho muitas inspirações, como já disse primeiro foi essa Solange Cantora de forro, apesar de não ser forrozeira risos, tem minha prima Cintia, que também fez a gastroplastia 1 ano antes de eu fazer e esta linda também, e claro todas as meninas que sigo no Instagram, Inclusive você Karime, que sempre tem uma mensagenzinha de apoio e força ou ate mesmo uma receitinha Mara para matar nossa vontade de comer doce, mas meus maiores incentivadores e razoes para chegar onde cheguei e ainda sim continuar correndo atrás de mais e mais são as 4 pessoas mais importantes da minha vida: Cleber (meu papai), Geni (minha mamãe que no pós cirúrgico achava ate que tinha que me dar banho), Gabriel (meu irmãozão companheiro que quase todos os dias fala que eu estou linda e marombada) e meu Noivo Gu, meu parceiro de vida.

Quero deixa aqui uma mensagem para quem ler de que TUDO nessa vida é absolutamente possível, qualquer que seja seu objetivo ele com certeza será alcançado se você realmente quiser, não estou aqui para incentivar ninguém a fazer ou não uma cirurgia para obesidade, apenas para dizer que se julgar necessário, se realmente tiver tentado tudo faça sim, mas faça primeiro você uma cirurgia na sua cabeça, porque infelizmente a obesidade é uma doença crônica, ou seja, eu hoje ESTOU magra, mas ainda sim sou obesa, e é esse exercício, de todos os dias me lembrar que eu posso sim voltar a ser o que eu era que não me deixa cair novamente em todas as armadilhas que minha cabeça me colava antes.

Hoje eu domino minha mente, se quero comer algo que eu sei que engorda, eu como, porem faço recompensas depois, como um pouco só, e não como mais depois, não com exageros é saudável não é mesmo?”

3 Comments Add yours

  1. Daniella diz:

    Ka você é uma linda, adorei o espaço e a oportunidade de contar um pouco sobre minha vida.

    Você eh Musa, Diva e inspiração para mim.

    BJUS

  2. Cíntia diz:

    Querida linda, eu fui apenas a confirmação (visivel na época) que era possivel ter vida após gastroplastia…existe muito preconceito em relação a ela (cirurgia), mas como vc mesma disse “não somos gordos pq queremos” e a cirurgia é uma porte para alcançarmos um objetivo de vida…fico realmente emocionada em ve-la assim tão determinada, tão focada, vc é inspiração pra mim e pra muita gente que busca mudança de vida…parabéns por superar as expectativas daqueles (pq existem muitos) que duvidaram do seu sucesso…vc foi forte e venceu mais essa batalha da vida…será uma noiva linda e deslumbrante e com certeza alcançará tudo aquilo que almeja na vida…um beijo grande!

  3. Geeente, essa mulher é uma guerreira! Uma vencedora, muito inspiração!!!! Parabéns!!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s